Conheça Ivo Lopes, um dos nossos NEXX Riders e que tem dado muito que falar neste início do FIM CEV 2018!

Aos 21 anos, Ivo conta já com uma extensa carreira como piloto de Velocidade, quer em Portugal, onde conquistou vários títulos de Campeão, quer internacionalmente, fruto das passagens pela Red Bull Rookies Cup, onde alinhou durante dois anos seguidos, e pela participação no Campeonato Espanhol, onde compete actualmente, com alguns dos melhores pilotos do mundo.
 


 

A paixão pelas motas começou muito cedo: aos 5 anos, Ivo teve o seu primeiro contacto com uma pequena Yamaha YZ 80 a qual despoletou uma paixão que jamais viria a cessar. Passados 3 anos, em 2004 inicia o seu percurso no mundo da competição, na classe MetraKIT 70cc, com um grande sonho – um dia sagrar-se campeão do mundo. Ao fim de 2 anos conquista o seu primeiro título ao tornar-se Campeão Português MiniGP pro 70 e começa a sua aventura internacional, ao participar no Campeonato Madrid nesta mesma categoria.

Curiosidades: Desde muito jovem que o número #75 o acompanha, em homenagem ao antigo piloto MotoGP Mattia Pasini, que o patrocinou aos 9 anos. Para além das motas, Ivo também tem um afecto especial por cavalos e é a andar de cavalo que passa muito do seu tempo livre.
 

 
A partir desse momento, vem a progressão natural de quem está predestinado a alcançar grandes feitos; em 2007 sagra-se novamente Campeão Português MiniGP pro 70cc e Campeão Madrid MiniGP pro 70cc.

Durante a sua evolução, ao mudar de categoria, os pódios vão-se tornando um hábito e em 2008 e 2009 sagra-se Vice-campeão Portugal 85GP, com algumas participações no Campeonato Mediterrânico pelo meio.

Em 2011 e 2012 surgem os grandes palcos, com a entrada na prestigiada competição Red Bull Rookies Cup – Ivo junta-se assim ao exclusivo lote das mais jovens promessas das duas rodas; um 3º lugar em Jerez e um 2º lugar em Assen catapultaram Ivo para as bocas do mundo, vincando nas duas temporadas resultados muito dispares que o afastaram dos lugares cimeiros, contudo, mantendo-o sempre no TOP 10.
Esta competição foi um grande ensinamento e define ainda hoje, a sua forma de competir, muito agressiva, sempre no limite.
 

 
“Não existem muitos pilotos portugueses a dar cartas em Campeonatos de Velocidade, talvez devido à falta de apoios e investimento nesta área e a nível internacional, actualmente, podemos apenas destacar alguns nomes como Miguel Oliveira, Tomás Alonso e Kiko Maria, que estão neste momento em competições fora de Portugal.”

Após dois anos de interregno, o regresso aos palcos nacionais foi um sucesso, sagrando-se Vice-Campeão Nacional de Superstock 600 em 2015, para no ano seguinte, voltar a conquistar o lugar mais alto do pódio em Portugal e na Europa ao sagrar-se Campeão Nacional e Europeu de Superstock 600.

No ano passado, Ivo participou num dos campeonatos mais competitivos de velocidade o RFME Campeonato Espanhol de Velocidade na categoria Superstock 600, terminando na 6ª posição, já nos palcos nacionais, Ivo voltou a sagrar-se campeão nacional.
 

 

“O RFME CEV é um campeonato extremamente competitivo e na classe Superstock 600, apesar de as motas estarem limitadas por um regulamento, há bastante liberdade em relação às marcas (pneus, óleos, fatos, capacetes, escapes, …) o que faz com que para além de ser uma guerra de pilotos é também uma guerra de marcas e equipas que procuram sempre vitórias e serem os melhores.”

A temporada de 2018 não podia ter começado da melhor maneira, com uma vitória em casa, na primeira corrida FIM CEV disputada no Estoril, ao vencer a corrida do Europeu Moto2, mas o mais impressionante nesta vitória foi o facto de estar a correr com uma mota de stock contra motos mais potentes.

Nunca uma Superstock 600 havia vencido uma corrida de Moto2 – o feito coube ao ao Ivo Lopes, que surpreendeu e arrasou a concorrência do FIM CEV liderando as 18 voltas da primeira corrida e vencendo os pilotos de Moto2 com uma vantagem de quase… 6 segundos!
 

“Estava em casa e sabia que tinha essa vantagem, uma vez que o Estoril é um circuito bastante técnico e difícil onde podia ganhar. É fruto do seu trabalho e de toda a equipa e é uma vitória muito especial já que nunca tinha acontecido e ficou para a história.”

Momentos marcantes:

– Entrada na RedBull
– Título de Campeão Europeu 2016
– Titulos de Campeão Nacional
– Primeiro pódio no Campeonato Espanhol em Superstock 600
– Vitória em Moto 2 (com uma Superstock 600)

Os títulos:

– 2006 Campeão Português MiniGP pro 70 (Metrakit)
– 2007 Campeão Português MiniGP pro 70 (Metrakit) / Campeão Madrid MiniGP pro 70 (Metrakit)
– 2008 Vice Campeão Portugal 85GP
– 2009 Vice Campeão Portugal 85GP
– 2015 Vice Campeão Nacional de Superstock 600
– 2016 Campeão Nacional de Superstock 600 / Campeão Europeu de Superstock 600
– 2017 Campeão Nacional de Superstock 600

 

IMG_5599
Ivo Lopes - In Action
Ivo Lopes (POR) Preparing for the coming Red Bull Rppkies Cup Season in Estoril, Portugal on March 14th 2011
IVO-LOPES
_GH26367
20171029_103321
ENI_CNVMOTO_ESTORIL3_002_15OCT2017__RS